Resenha O Trono de Vidro

11:00:00 Velha T-Shirt 0 Comments


Comecei a ler o Trono de Vidro a pouco tempo e fiquei tão viciada, que estou terminando já o terceiro livro da série. Sim, tudo isso no espaço de 3 semanas. 
Na verdade, eu descobri o livro meio no acaso, fuçando aqui e ali procurando novos títulos para leitura. Quando bati os olhos na capa, fiquei meio receosa, mas assim que li a sinopse, minha mãe do céu, não consegui parar enquanto não terminei o livro em dois dias. Claro que tinha que compartilhar com vocês essa belezura não é? Então preparem seus coraçõezinhos para o que vem por aí!

Sinopse
"Nas sombrias minas de sal de Endovier, a melhor assassina de Adarlan conhecida como Celaena Sardothien está cumprindo sentença. Fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta vindo do príncipe de Adarlan, Dorian: representar ele em uma competição, lutando com assassinos habilidosos do reino para se tornar a campeã do Rei e sua assassina. Exceto que quando perigos inimagináveis estão rondando o castelo, em um mundo onde a magia simplesmente desapareceu."

Resenha
Sentiram toda a carga dramática e de ação do livro? Então pode esperar mais de suas páginas! 
A história começa com Celaena na prisão de Endovier sendo levada por um guarda real (que acaba se revelando no capitão da guarda Chaol) para uma audiência com o príncipe de Adarlan, Dorian. Na audiência, ela descobre o motivo da visita e vê na proposta (que consiste em representar o príncipe no campeonato que o rei está promovendo para conseguir um assassino real) a possibilidade de liberdade que foi tirada dela. Até aí tudo bem. Mas quando sai de Endovier, Celaena entra em uma rede de mentiras, mistérios e magia, muita magia, mesmo que tal prática tenha "sumido" do reino de Adarlan quando o rei assumiu seu lugar.
Ao longo das páginas, nós vamos sendo levados pelos obstáculos, testes e aprendizados que Celaena vai recebendo durante a competição, bem como uma aproximação mais afetiva do príncipe Dorian e um mistério terrível que envolve a mortes de outros competidores. Mas Celaena conta com uma ajuda a mais. A ajuda de uma princesa há muito tempo morta, que lhe entrega um colar que irá protegê-la quando ela estiver cara a cara com o mal que está rondando o castelo.
Também durante as páginas, vamos conhecendo mais sobre a história da própria Celaena, que nos presenteia com flashbacks do seu aprendizado com o rei dos assassinos e como ela chegou até ele, na noite em que seus pais foram assassinados e ela foi levada pela correnteza do rio.
Agora um spoiler gigante pra vocês: o rei de Adarlan não é um santinho não! E sim, ele está lidando com magia, mesmo abominando e condenando quem esteja.

Já dá pra ver que a história é boa não é?

Comentário pessoal: a história é excelente. Tem muitos detalhes, descrições de rituais e costumes dos povos chamados feéricos que enchem nossos olhos e mentes na hora de imaginar como seria a vida em um mundo com reis, rainhas, assassinos reais e magia. Simplesmente bom!




Tecnologia do Blogger.