Resenha "Um Dia"

00:00:00 Velha T-Shirt 0 Comments


Quando comecei a ler o livro "Um Dia" do autor David Nicholls confesso que pensei que seria apenas mais um livro de romance com características do Nicholas Sparks. Doce ilusão. O livro soa meio confuso, principalmente pela ordem cronológica que os fatos vão acontecendo, mas, a medida que você começa a entrar na vida e mente da Emma e do Dex é simplesmente impossível para de ler. 
Espero que como eu, vocês também adorem a história!

Sinopse
"Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Mesmo contando com apenas uma noite juntos e com a certeza de que após a formatura cada um devia seguir o seu caminho. Após esse tempo junto, os dois não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos passam e cada um trilha seu caminho, tendo suas histórias narradas, ano a ano, sempre no dia 15 de julho."

Resenha
Bem, por onde começar? A história não nos mostra de cara o romance que pode se desenrolar entre os dois, mas sim, como os dois amigos se conheceram e trilharam seus caminhos, nunca esquecendo um do outro. Os obstáculos que estes enfrentam pela vida nos são apresentados um a um, e fica quase impossível decidir por um tempo se é mesmo destino dos dois ficarem juntos. 
Ao longo da história, vamos acompanhando como Dex (SPOILER) viaja pelo mundo para encontrar o seu eu, como se torna um apresentador famoso e como vê sua vida indo para o fundo do poço quando esse começa a experimentar drogas. Juro, quase suspirei aliviada quando finalmente ele se "apaixona" casa e tem uma filha. Mas, é óbvio que a história dos dois não acaba aí.
Em outro plano, temos a história da Em, uma mulher que sonha em ser escritora e mudar o mundo. Ao longo das páginas, nem tudo o que lemos nos mostrar que ela "venceu na vida", mas é revigorante ler todos os ensinamentos que esta tirou dos momentos mais difíceis. 
Uma das coisas que podem atrapalhar a leitura, mas ao mesmo é o toque de diferencial necessário para tornar essa obra fabulosa, é o fato de que a história mostra os 20 anos que decorrem desde o primeiro encontro da Em e do Dex. Tá, mas qual o diferencial? Simples, a ordem cronológica nem sempre é seguida e podem ocorrer saltos na história, deixando lacunas que só vamos compreender em páginas além.

Comentário pessoal: enfim, recomendo o livro principalmente porque a escrita ali colocada apresenta uma nova forma de criação na imaginação. Um ponto negativo é que o casal possui o mesmo clichê, ele todo descolado e ela escondendo toda a sua personalidade atrás dos grandes óculos. 

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.