Um desabafo para 2017

20:48:00 Velha T-Shirt 0 Comments


Eu sei, janeiro já está na metade e, portanto, grande parte das pessoas já fez a sua lista de desejos no dia da virada. Eu confesso também, que nem sempre fui a favor e delimito assim, os meus desejos e anseios para um ano. Mas, depois de tanto tempo, abrir meu coração e colocar no papel, ou na tela de um computador aquilo que guardo aqui dentro e desejo se fez necessário. 
2016, assim como para muitos de vocês, não foi o melhor ano e nem o melhor momento da minha vida. Claro, eu tive pontos altos, como a realização de um sonho com a conclusão da minha graduação em Publicidade, mas fora isso, me senti em uma montanha russa, mas apenas enfrentando a descida. Dizer que eu espero que 2017 me surpreenda também não é novidade. Mas, assim como ao fim do ano eu percebi os ensinamentos que me foram concedidos ao longos dos dias, meses e anos, eu também, finalmente, levei em consideração o que aquela vozinha no fundo da minha cabeça não cansava de dizer: aposte nos seus sonhos. E é por isso que eu decidi aposentar a crença de que o ano deve me surpreender e sim, assumir as rédeas dos meus momentos e fazer acontecer.  
Portanto, sim, independente do que os outros digam, queiram ou pensem a respeito do que resolvi fazer, esse é o ano da mudança! Sim, voltarei com o blog, canal e investirei naquilo que me faz bem. Vou abdicar das opiniões alheias que não acrescentam no crescimento pessoal e vou arriscar! Quero poder, daqui a alguns anos, olhar para trás e não ter medo de dizer que fiz tudo o que estava ao meu alcance para o meu sucesso profissional e pessoal. Quero não ter medo de dizer que vivi de acordo com as minhas regras e crenças e fiz acontecer o meu momento. Por isso, para esse 2017 que está apenas no começo, eu desejo apenas R E C I P R O C I D A D E. Eu desejo poder dar e receber carinho, tolerância, aceitação. Eu desejo que ao fim desse ano, eu possa olhar para trás e sorrir com as escolhas e mudanças que adicionei em minha vida. Eu desejo, como toda frase clichê, que a história do agora comece a ser escrita e a magia da descoberta opere em todas as ações. Afinal, como uma vez eu li, sete é um número mágico!

Beijão no ❤️




0 comentários:

Tecnologia do Blogger.